quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Feliz ano novo... atrasado e atrasado.



Outro dia meu colega (também) de Blog postou sobre o ano novo, comentando;
"Nesses dias percebo o qto esperamos os fins das coisas... naum comemoramos apenas o inicio do ano... mas o fim dele... como se a cada ano começassemos como mariposas e terminassemos lagartas, onde em um dia queremos voltar ao nosso estado anterior..."

Sinceramente, não discordo. Até pq nosso inconsciente nos leva a isso. Discuti alguns pontos de vista com ele... e depois pensando a respeito, concluí que às vezes as pessoas querem se afastar de algo que no futuro estarão vivenciando novamente. interessante, não?! Pois é... eu estava comentando com ele sobre rotina, a rotina das coisas.
(Incluindo o papo de que cada um tem a sua filosofia - ele preferiu a de boteco, eu a de donas de casa experientes) Como tudo é tão monótono, e quais tipos de rotina existem. Que, por sinal, são duas; a rotina estressante/enjoativa e a nova rotina.
A primeira delas consiste em, como já foi dito, numa rotina enjoativa, cansada. Algo que geralmente você já esteja praticando, e com o tempo, tornou-se banal ou até quase insuportável. Já a segunda rotina, a "nova", na maioria dos casos é uma situação pela qual você ainda vai passar ou está passando e (ainda) não se fadigou dela.
O mais interessante (ou não) é que a rotina nova muitas das vezes se converte na primeira rotina citada.
Mas... voltando ao foco "Feliz ano novo"... será que você gostaria de passar (algum tipo de dificuldade) ou aparentemente retroceder na sua vida, como se aquele obstáculo não tivesse sido ultrapassado? Digamos nem que seja uma rotina, até pq, elas sempre irão existir ...E além do mais, a própria vida é uma rotina. Trabalhar quase todos os dias, sair ou não nos finais de semana, arranjar novos hobbys, fazer novas expectativas, viajar para lugares diferentes... mas viajar. É tão previsível.

Isso é sair da rotina? Fazemos isso todo santo ano! Todo santo dia! Ou seja, de alguma maneira sempre voltamos a mesma estaca zero e começaremos uma nova rotina. Seja ao começar um novo emprego e querer subir na empresa, Fazer novas amizades e ganhar intimidade aos poucos etc.
Tudo está fadado a ser rotina. Tudo é uma. Tudo sempre será.
E então vc vai acabar de ler este post e vai continuar a sua vida como sempre foi, sem mudar nada ou praticamente nada. Não importa, um dia você vai esquecer. E esquecer... e esquecer das coisas... E pouco a pouco irá envelhecer e os anos terão passado rapidamente. E você? Onde estará? Com quem? Com certeza vivenciado alguma "aventura" de sua lucidez.

Sabe, pensando deste jeito... encontro vários defeitos na vida que levo e infinitas preocupações para o meu futuro. Mas, na verdade, não há mal na rotina. Você pode até estar acostumado, acordar mal-humorado, reclamar pq não melhora, mas não se apegue a isso... desde que você goste dela e desde que seja feliz com quem faça parte da sua.

3 comentários:

  1. ahm.. eh... tipo... Rotina.. não há como fugir da rotina, vc nasce cresce, tem a chance de reproduzir e morre. #fato. Ta cansado da rotina atual, faça outra rotina.. mas não há como fugir dela. A rotina da vida é a morte. E quando alguém morre.. tem mais gente nascendo. Cansou de uma? pegue outra rotina e faça as mesmas coisas, de forma diferente. ;)

    ResponderExcluir
  2. po, depende da idéia de cada um sobre "rotina".Por exemplo, cada dia procuro seguir um caminho diferente, ams como uma mesma finalidade, sei quevai resultar em um mesmo objetivo, mas algo se altera, então acho que o termo rotina é muito relativo. Aliás pra mim tudo é relativo :P.
    quem quer pipoca? eeeeeeeeeeeeee!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Rotina... ha algo a mais na rotina... nossa neurose... em nossa maioria somos neuroticos... agradeçam por isso..., entao somos repetidores... somos viciados em repetir eventos.
    Quem nunca viu dakelas meninas q reclamam da forma como o pai trata sua mae e arruma um namorado igual... qdo separa arruma outro mais igual ainda...
    se as coisas ao redor se modificam nós tratamos de ser igual com todas elas... uma namorada ou namorado diferente, mas minamos nossa relaçao de forma igual... um trabalho diferente onde começamos com esperanças e terminamos reclamando igual.... nossa busca doentia pela repetiçao para fugirmos do novo... akilo q naum conseguimos enfrentar...

    gostei da citaçao...
    ...
    Crow

    ResponderExcluir